Sopa de Couve-Flor e Maçã



Bom ano a todos os leitores! Por cá o ano novo começou com muitos percalços e muito trabalho, para não variar. O frio e a chuva de inverno instalaram-se de vez e as minhas frieiras regressaram. Chegar tarde a casa, cheia de frio e super cansada tem sido a ordem dos dias. Nem consigo pensar com tanto frio e com tanto do que vai acontecendo à minha volta e que não controlo. Dou por mim a precisar mesmo de descanso e aconchego, sempre que posso parar.

Dou por mim a desejar o quentinho e o conforto da casa. Ao fim do dia aquecer-me à beira do forno a lenha e comer algo que me aqueça é um momento "slow" e de parar um pouco, de não pensar em nada, só relaxar e aquecer a alma. Com coisas boas.
Adoro taças de conforto, bem quentes a aquecer as mãos e o estômago, nestas noites frias. Viro-me para as sopas e os estufados com legumes, ricos e reconfortantes, onde posso molhar um pãozinho torrado e ser feliz naquele instante. 
E esta sopa super cremosa de couve-flor é maravilhosa para estes dias de Inverno.

A receita vem de um dos meus livros favoritos e portugueses, o livro "Prato do Dia" da Filipa Gomes. Um livro com receitas para comer bem e ser feliz! Adoro a Filipa, e já tive o prazer de a abraçar pessoalmente. É tão genuína e super querida. E tanto no programa como no livro se nota como é autêntica, como adora comer e partilhar este gosto de cozinhar e de passar boas horas na cozinha e à mesa. Não há como resistir a tantas e boas receitas, como o Arroz de Frango e Farinheira, que é puro "comfort food" e já é um preferido cá de casa. 
Amor pela comida, acima de tudo. E por cá, vou saboreando cada receita e cada programa sempre com um sorriso e alegria. É assim que a comida da Filipa me faz sentir.







Sopa de Couve-Flor e Maçã

1 cebola grande picada
1 fio de azeite
1 maçã grande ralada
1 couve-flor grande separada em floretes pequenos
sal q.b.
1 ramo de tomilho
1 casca de limão
1/2 chávena de sidra de maçã
2 colheres (sopa) de amêndoas laminadas e tostadas
cebolinho fresco q.b.


Preparação

Num tacho refogar a cebola num fio de azeite. Juntar depois a maçã ralada e deixar cozinhar um pouco. Adicionar a couve-flor em floretes pequenos e temperar de sal, juntar o tomilho e a casca de limão. Mexer e refrescar com a sidra e água suficiente para cobrir os legumes.
Deixar cozinhar por 20 minutos, até a couve-flor ficar bem tenra.
Quando a couve-flor estiver cozida, retirar o tomilho e o limão e triturar tudo com a varinha mágica, até ficar bem cremoso e suave.
Servir bem quente, com as amêndoas tostadas e o cebolinho picado.

Bom Apetite!




Bolo de Chocolate com Frutos Secos e Vinho do Porto





Está a chegar o Natal. Época de festas, mesas partilhadas, sorrisos, amor e muitos doces. É sempre uma época feliz, e o frio só ajuda a que nos juntemos à mesa mais vezes, bem juntinhos e quentinhos, enquanto partilhamos histórias e momentos doces.
Para mim é época de afectos e partilhas, de celebrar os momentos felizes e que nos unem. Celebrar juntos à mesa. Uma mesa cheia de coisas boas, bem doces. Memórias, sorrisos e tradições. 

Celebrar as coisas boas da vida à volta de uma mesa cheia, de amigos e família. É tão bom partilhar estes momentos com quem amamos. E encher a mesa com amor e receitas de conforto. Adoro os momentos de reunião nesta altura, e gosto sempre de preparar um miminho para os jantares festivos com a família e amigos (que muitas vezes só vemos nesta altura do ano). Uma sobremesa ou um bolo são sempre as minhas escolhas preferidas, para celebrar o natal. E este bolo de chocolate com frutos secos e vinho do Porto é perfeito para ter na mesa, servido com a ganache ainda quente.






Um bolo feito de coisas doces. Que torna qualquer mesa mais feliz. Com o delicioso e sempre preferido chocolate, com os frutos secos tão característicos da época, com o açúcar moreno intenso da Sidul e com um cheirinho a vinho do Porto. Servido com uma ganache de chocolate e vinho do Porto ainda quente. Soa a conforto e aconchego.
Este açúcar moreno é perfeito para os meus bolos de chocolate, torna-os sempre mais fofos e dá-lhe aquele sabor mais intenso e ligeiramente caramelizado. O segredo desta receita está mesmo no açúcar. No site da Sidul podem encontrar outras receitas deliciosas e festivas.

Este ano no meu natal vou ter este bolo no centro da mesa, enfeitado com ramos de pinheiro, bolinhas vermelhas, coroas de ramos secos e velas acesas. Acho que vai ficar lindo! 
Espero que o vosso natal seja bem doce. Acima de tudo que seja um momento de união e amor, com saúde. Que se mantenham as tradições e que o espírito de gratidão nos envolva não só nestes dias, mas sempre. Desejo a todos os leitores um feliz e santo natal.







Bolo de Chocolate com Frutos Secos e Vinho do Porto

4 ovos
250 ml de iogurte natural
150 gr de manteiga
150 gr de chocolate 70% cacau
2 colheres (sopa) de cacau em pó
60 ml de vinho do porto
300 gr de farinha com fermento
1 colher (chá) de fermento
1/2 colher (chá) de bicarbonato
100 gr de frutos secos (nozes e avelãs)

Ganache de Chocolate e Porto
200 ml de natas
150 gr de chocolate 70% cacau
2 colheres (sopa) de vinho do porto


Preparação

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar uma forma bundt com manteiga e polvilhar com farinha. Reservar.
Numa taça ou tacho pequeno colocar a manteiga e o chocolate e derreter em banho-maria até ficar homogéneo e brilhante. Deixar arrefecer ligeiramente.
Numa taça grande colocar os ovos e o açúcar moreno intenso e bater com a batedeira eléctrica durante uns 3-5 minutos até ficar uma mistura volumosa. Juntar o iogurte e mexer.
Adicionar a mistura da manteiga e chocolate, em seguida o vinho do porto e bater a massa.
Juntar a farinha, cacau, fermento e bicarbonato e bater suavemente até ficar homogéneo.
Por fim juntar os frutos secos e envolver na massa.
Colocar a massa na forma e levar ao forno até cozer, cerca de 40 minutos (teste do palito).
Desenformar o bolo sobre uma rede e deixar arrefecer.
Entretanto preparar a ganache, colocando as natas ao lume num tacho até ferver. Retirar do lume e juntar o chocolate em cubinhos e o vinho. Mexer até ficar homogéneo. Se necessário, colocar em lume brando para ajudar a derreter mais facilmente.
Colocar o bolo num prato e servir com a ganache ainda quente ou morna.

Bom Apetite!







Bolo de Maçã com Canela




Para mim a palavra conforto celebra uma variedade de coisas simples que nos fazem mais felizes. Muitas delas acontecem na cozinha de uma forma tão especial, e já assim aconteciam há muitos anos na cozinha da minha avó. E os meus olhos pequeninos lembram-se tão bem da colher de pau a bater um bolo à mão. E de sentir o aroma do bolo acabado de cozer perfumar toda a casa. E de saborear a primeira fatia ainda morna, enquanto a minha avó servia um "café" de cevada ao meu avô.





É destas pequenas memórias que o meu mundo é feito e me alimento. E quando penso nas tardes frias e chuvosas de Inverno, penso nesse conforto de preparar um bolo caseiro. De escolher uma receita com história, de pegar na colher de pau e aquecer o forno. Para mim é puro conforto e felicidade.

Desta vez a inspiração veio do site da Sidul e rendi-me ao Bolo de Maçã com Canela, aquela dupla que vai ser sempre uma favorita nesta altura do ano. O perfume da canela enquanto o bolo está no forno é sinónimo de sorrisos e de fatias que não deixam rasto de migalhas. É sinónimo de um lanche com chá ou cevada quente, partilhado a muitas mãos gulosas.






Adoro este tipo de bolos, tão simples de fazer e tão bons, que são puro conforto para a alma. E que se preparam com açúcar amarelo, adoro. Desde pequenina que é o açúcar que sempre esteve presente na minha casa e na dos meus avós, e usamos nos bolos e bolinhos, nos sonhos e nas broas, e até no arroz doce da minha avó. É aquele açúcar tão nosso e português que adoça os melhores doces tradicionais. 

A gama de açúcares mais escuros da Sidul é uma boa alternativa para certas receitas, melhorando imenso o seu sabor e textura, dando-lhes aquela intensidade tão própria, por serem mais húmidos e aromáticos. E neste bolo de maçã e canela o açúcar amarelo torna a receita perfeita sem dúvida, o bolo fica fofo e perfumado, delicioso. No fundo, o segredo está no açúcar. 
Esta já é uma receita preferida na nossa casa para as tardes frias de Inverno, que pedem o conforto de um bolo perfeito. Podem encontrar esta receita e outras inspirações para as vossas tardes com forno aceso no site da Sidul.







Bolo de Maçã com Canela
(receita do site Sidul)

4 ovos
125 gr de manteiga derretida
200 ml de leite
300 gr de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de canela em pó
pitada de sal fino
50 gr de passas (opcional)
250 gr de maçã descascada e em cubinhos
maçã fatiada q.b. para enfeitar
Açúcar em Pó Sidul q.b. para salpicar


Preparação

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar com manteiga uma forma redonda de 20-22cm de diâmetro e forrar o fundo com papel vegetal.
Numa taça peneirar a farinha, fermento, canela e sal. Adicionar as passas (opcional).
Bater os ovos com o açúcar amarelo até ficar volumoso e esbranquiçar. Juntar a manteiga derretida e mexer bem. Juntar a mistura de farinha e envolver, e por fim o leite e a maçã aos cubinhos.
Colocar a massa na forma preparada, alisar a superfície e decorar com algumas fatias de maçã a gosto. Levar ao forno até cozer, durante aproximadamente 35-40 minutos (teste do palito).
Desenformar, deixar arrefecer e polvilhar com açúcar em pó.

Bom Apetite!