Pão Doce de Limão e Mirtilos



Sinto um carinho especial por esta receita. Por acompanhar bons momentos. Por ter vindo a ser aperfeiçoada nestes últimos anos.
Por ser daquelas coisas boas, que se come a qualquer hora. Por ser pedida por amigos especiais. 
Por não ser nem pão nem bolo. Não leveda como um pão, mas também não é muito doce como um bolo normal.
Por fazer parte do Verão, e do que associo a ele. Ao sol, aos dias em que revemos amigos, aos dias em que saímos e vamos com ele para a praia, em que nos acompanha a "piquenicar", aos mirtilos que o pintam e lhe dão o seu ar de graça. Às fatias que se cortam ao lanche e se partilham.
Ao fim de contas poderia estar a falar de qualquer bolo ou pão, ou pão doce. É das coisas que mais me dá prazer fazer na cozinha e saborear em boa companhia. 
Há sempre um toque de magia no que sai do forno e inunda a casa com o seu perfume. Há coisas que vão ser sempre boas e nos transmitem felicidade.





Pão Doce de Limão e Mirtilos

2 chávenas de farinha de espelta
1 colher de chá de fermento
½ colher de chá de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
Raspa de 1 limão
Sumo de 1 limão
1 ovo
¼ chávena de água
½ chávena de maple syrup ou agave
2 colheres de sopa de óleo vegetal ou azeite
100 gr de mirtilos frescos


Preparação

Untar uma forma de bolo inglês e forrar o fundo com papel vegetal.
Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Numa taça misturar os ingredientes secos (farinha, fermento, raspa, bicarbonato e sal).
Noutra taça misturar os ingredientes líquidos (sumo de limão, ovo, água, maple e óleo), com uma batedeira eléctrica ou um fouet.
Juntar os líquidos aos sólidos e bater muito bem até a massa ficar homogénea.
Por fim, adicionar os mirtilos e envolver suavemente na massa.
Transferir a massa para a forma e levar ao forno até cozer, a 180ºC, durante uns 30-40 minutos ou até dourar e um palito inserido no centro sair seco.
Desenformar  e servir morno ou frio.
 

Bom Apetite!





Crumble de Verão



Muitas vezes me perguntam qual é o meu prato preferido, o bolo que mais gosto, a minha sobremesa favorita. Acho quase impossível resumir as coisas que gosto numa só.
Apesar de fazer muitos bolos e bolinhos (vocês já bem sabem), bolachas, gelados e outros docinhos, não conseguiria dizer qual a minha sobremesa preferida, eleger uma só.
Sei que adoro arroz doce, e adoro gelados caseiros, e embora nunca faça mousse de chocolate em casa, fico toda gulosa por uma, se a vejo a passar à minha frente num restaurante. Ah, e o leite creme queimado na hora, adoro! Quebrar aquela capinha de caramelo é das coisas que me fazem sorrir. 

Posso é dizer-vos que das sobremesas que se fazem todo o ano, em qualquer estação, o crumble foi das melhores descobertas dos últimos anos. Comi a primeira vez, um de maçã, depois de ter visto num programa de culinária, e adorei. A simplicidade da fruta morna com a cobertura crocante, o contraste de texturas, deixou-me rendida. Depois foi num instante que fiz um com marmelos, delicioso. E dando a volta às estações do ano, há crumbles para todas as frutas e todos os gostos. E é isso que adoro nesta sobremesa, fácil de fazer, de conforto, com fruta da época, e perfeita com uma bolinha de gelado de baunilha ou um pouco de iogurte grego natural.
Assim que tive o livro "Vibrant Food" nas mãos, fiquei encantada. Celebram-se nele os ingredientes e as cores de cada estação. E eu escolhi este crumble (ou crisp na versão original) em celebração do verão e das frutas boas. 





Crumble de Verão (fiz 1/2 receita)
(receita do livro Vibrant Food, de Kimberley Hasselbrink)

3 pêssegos ou nectarinas em cubos
1 chávena de amoras
1 chávena de mirtilos
1 chávena de morangos em quartos
1/4 chávena de açúcar mascavado
2 colheres (sopa) de sumo de limão
1 colher (sopa) de farinha
1/2 colher (chá) de gengibre em pó Margão

crumble:
2 chávenas de flocos de aveia
1 chávena de amêndoas com pele picadas grosseiramente
1/3 chávena de farinha de aveia
1/3 chávena de açúcar mascavado
1/2 colher (chá) de canela em pó Margão
1/2 colher (chá) de gengibre em pó Margão
1/2 chávena de manteiga fria e em cubos


Preparação

Numa taça colocar as frutas e envolver os restantes ingredientes do recheio nelas. Colocar esta mistura num tabuleiro de ir ao forno.
Para preparar o crumble, numa taça colocar a aveia, amêndoas, farinha, açúcar e especiarias. Adicionar a manteiga e com as pontas dos dedos trabalhar a massa de forma a obter um género de migalhas ou areia grossa e molhada.
Espalhar o crumble por cima da fruta e levar ao forno pré-aquecido a 200ºC por 20 a 30 minutos, até o crumble estar dourado e a fruta borbulhar pelos lados.
Deixar arrefecer 5-10 minutos e servir com gelado de baunilha.

Bom Apetite!





Geladinhos de Chocolate e Doce de Leite



Dos pequenos prazeres da vida. Dos sabores que nos trazem sorrisos. Da vida mais doce. Dos gelados de verão. Assim vamos fazendo alguns dos nossos dias da estação.
Chocolate rico da Casa Grande e doce de leite em camadas. São sabores que nos unem num gelado de pauzinho, mais quentes que os de fruta, mas igualmente deliciosos e muito mais gulosos. 
Afinal, há que ter dias doces, a meio de um verão que teima em não chegar em força, com alguns chuviscos.
E as desculpas para comer mais um pedacinho de bom chocolate nunca são demais. 
Estes comem-se logo de enfiada, saboreando bem o contraste das camadas e toda a sua doçura, antes que se derretam! 
Alguém é servido?





Geladinhos de Chocolate e Doce de Leite

250 gr de chocolate negro Deli&Co (Casa Grande Chocolatier
150 ml leite (usei leite de coco caseiro)
1 colher (sopa) de geleia de agave
200 gr de doce de leite
120 ml de iogurte natural


Preparação

Derreter o chocolate em banho-maria ou no microondas. Adicionar o leite e o agave e misturar bem, até ficar homogéneo e brilhante.
Colocar a mistura no frio, até ficar mais grossa (uns 30-45 minutos).
Entretanto numa taça misturar bem o doce de leite com o iogurte e colocar num saco de pasteleiro para ser mais fácil de usar.
Colocar metade da mistura de chocolate em 4 copinhos redondos, usando uma colher pequena.
Dividir a mistura de doce de leite pelos 4 copos numa camada uniforme (com o saco pasteleiro será bem mais fácil de manusear a mistura sem sujar as laterais).
Colocar a restante parte de chocolate por cima da camada de doce de leite.
Tapar os copinhos com película aderente e fazer um buraco no centro da película, onde se coloca o pauzinho bem até ao fundo do copo.
Levar ao congelador por algumas horas até solidificar. Servir imediatamente depois de sair do frio, desenformando do copinho.

Nota: estes gelados derretem muito facilmente. Podem fazer a mistura e moldar o gelado numa taça ou tabuleiro pequeno, em vez de copos e servir com colher. Podem usar leite normal ou de coco. O agave é a gosto, não achei necessário mais que a quantidade colocada aqui, mas podem colocar mais ou nem colocar.

Bom Apetite!