Bolo de Limão



'Tu és em mim profunda Primavera, volto a saber em ti como germino'. Volto a sentir com todos os meus sentidos, Primavera. Os dias mais longos que trazes no tempo. O sol que fazes brilhar com mais força lá fora. As raízes que renascem no solo. As flores que se abrem em cores. Tudo em ti, volta para mim. E eu sinto cada pedaço teu, cada perfume teu. O germinar, o renascer. Cada pétala, cada pássaro que canta. Estás fundida neles. 

Lá fora ouve-se a calma do quente. Da brisa suave dos dias amenos. Dos dias ainda incertos, das nuvens que passam. Do céu do pomar que está cheio de laranja e de amarelo. Da fruta que brinda com a estação. Dos limões amarelos, que carregam o limoeiro, até que se curva em ode à Primavera.
Limões que perfumam a cozinha acabados de apanhar. O aroma da raspa nas mãos. Esse cheiro que nos conduz na preparação de um bolo de limão. Um bolo que todos gostamos, em toda a sua simplicidade. Que aproxima os sentidos todos, numa tarde de Primavera.






Bolo de Limão

200 gr de açúcar
raspa de 2 limões
100 gr de margarina Vaqueiro sabor a manteiga
4 ovos
125 ml de iogurte grego natural
sumo de 1/2 limão
200 gr de farinha
1 colher (chá) de fermento


Preparação

Untar uma forma de buraco, com margarina Vaqueiro e polvilhar com farinha. Reservar.
Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Separar as claras das gemas, e bater as claras em castelo.
Numa taça colocar o açúcar e a raspa dos limões, e amassar com os dedos, até a raspa libertar os óleos e aromas e o açúcar ficar amarelinho e molhado.
Adicionar a margarina ao açúcar e bater muito bem com a batedeira, até ficar homogéneo e cremoso.
Em seguida adicionar as gemas e voltar a bater bem.
Juntar o iogurte e sumo e mexer, e depois a farinha e o fermento, batendo bem.
Por fim, adicionar aos poucos as claras em castelo e envolver delicadamente na massa.
Colocar a massa na forma preparada e levar ao forno até cozer (teste do palito).
Desenformar e servir morno ou frio.

Bom Apetite!







Mousse de Chocolate Branco com Morangos


Há receitas que não precisam de muitas palavras. Que não precisam de adjectivos. Só precisam de uma colher à mão. Que se conseguem comer no silêncio, mas com todos juntos à mesa. Um doce momento. Uma doce sobremesa. Saboreada só com pequenos suspiros.
E enquanto esperamos que os morangos cresçam na horta, não resisto a comprar alguns e a comer. Os primeiros do ano. É sempre uma emoção o que a Primavera traz com ela. Que nos inspira a encher frasquinhos com a estação, em forma de sobremesa.

Foi com os primeiros morangos que adaptei uma receita de um livro novo bem doce, o "Sweet" da Sam Linsell. Uma mousse de chocolate branco. Com morangos. Em camadas num swirl. Um doce prazer, cada colherada. Uma nuvem fofa e doce, como lhe chamámos. Como se derrete na boca.
Eu que "sou mais bolos" e mais "chocolate negro" rendi-me a esta mousse.
Em dias que nos faltam palavras, ou simplesmente não são necessárias, preferimos admirar o que nos rodeia, o que a estação nos brinda, embora inconstante no seu passo. Os dias maiores, as camisolas de manga curta, as flores, as cores, as frutas, as coisas simples que cada vez mais apreciamos.
Sabe sempre bem algo que torne esses dias mais doces. Como esta receita. Simples e doce.






Mousse de Chocolate Branco com Morangos
(adaptada do livro "Sweet" de Sam Linsell)

200 gr de morangos
250 gr de chocolate branco Pantagruel
100 ml de leite
250 ml de natas frescas
2 claras batidas em castelo
45 gr de açúcar
morangos a gosto para servir


Preparação

Lavar bem os morangos, cortar em pedaços e triturar até obter um puré. Reservar.
Derreter o chocolate branco com o leite, em banho-maria. Deixar arrefecer até ficar morno.
Bater as natas frescas até ficarem firmes, em ponto chantilly.
Bater as claras em castelo, e aos poucos juntar o açúcar continuando a bater como se fosse preparar um merengue, até as claras ficarem bem brilhantes.
Adicionar o chocolate já morno às natas frescas e mexer delicadamente. Juntar depois as claras e envolver sem bater demasiado, para reter o máximo de ar.
Pode optar por nesta fase adicionar logo o puré de morangos à mousse, espalhando e depois com a ajuda de uma faca, criar um efeito swirl, e colocar depois em 6 taças ou frasquinhos. 
Ou colocar camadas de mousse alternadas com camadas de puré de morangos, directamente nas tacinhas onde vai servir. 
Levar ao frio por umas 2 horas antes de servir, bem fresco e decorado com morangos inteiros ou cortados em pedaços.

Bom Apetite!






Pão de Banana e Coco


Os dias de Páscoa foram como uma lufada de ar fresco, que combinaram na perfeição com o tempo primaveril. Três dias longe do trabalho, a recarregar energias. Dias leves, que pareceram férias.
Aproveitamos bem. O sol, o mar, os passeios a pé. A Figueira estava cheia de gente e luz. Os caminhos de sempre, mas com uma descontração que já lembra o verão e dias de praia. A feira medieval, com as bancas de especiarias e frutos secos (onde encontro as tâmaras frescas que adoramos). Os amigos que só vemos de quando em quando. As jantaradas até tarde com eles. Os convívios e as celebrações, o almoço de Páscoa e um aniversário. Muita comida na mesa, para ser partilhada. Folares e chocolates. Arroz doce e gelados.

Pronta para mais uma semana de desafios. Cheia de trabalho e cirurgias. Os dias de descanso mesmo sendo poucos, foram aproveitados da melhor maneira e isso faz-nos felizes. Estar com amigos, passear e comer são sempre boas razões para sorrir.
As refeições são já bem mais leves, a caminhar para o verão. E na fruteira as cores das frutas vão mudando. É a Primavera, que vem cheia de coisas boas.
E depois há a fruta de sempre que nunca pode faltar, as bananas! Que ganham vida em papas ou batidos ao pequeno-almoço, começam já a piscar-nos o olho para os gelados de banana congelada (e manteiga de amendoim!), e sabem tão bem em fatias de pão de banana para os lanches da semana.
Banana e coco, que cheirinho ao sair do forno! Sirvam-se.





Pão de Banana e Coco
(do livro "Tasty Express" de Sneh Roy)

1 cháv de farinha de espelta
1 cháv de coco ralado
3/4 cháv de amêndoa moída
2 colheres (chá) de fermento
1 colher (chá) de canela
pitada de sal
4 ovos
3/4 cháv de açúcar mascavado
200 ml de leite de coco
1 cháv de banana madura esmagada (usei 2)

amêndoa laminada q.b.
açúcar demerara q.b.


Preparação

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar e forrar com papel vegetal uma forma de bolo inglês.
Numa taça colocar farinha, coco, amêndoa, fermento, canela e sal e misturar bem. Reservar.
Noutra taça bater muito bem os ovos com o açúcar até ficar uma mistura cremosa. Adicionar o leite de coco e mexer bem e em seguida as bananas esmagadas, envolvendo bem.
Juntar a mistura dos secos (farinhas, etc.) à mistura dos líquidos (ovos, etc.) e misturar com uma colher de pau até ficar homogéneo.
Colocar a massa na forma preparada e salpicar com a amêndoa laminada e açúcar demerara. 
Levar ao forno a 180ºC até cozer (teste do palito). 
Desenformar depois de frio e servir.

Bom Apetite!