Batido de Figo e Alfarroba






A espera é sempre grande. O verão traz os figos. Doces figos, pingo de mel. Tão doces.
E eu rondo a figueira diariamente em busca dos mais maduros, para comer à sua sombra. 
Este ano, a espera foi impaciente. Vieram atrasados, a maioria ainda não amadureceu.
Mas a figueira está bem carregada, a sua sombra está enorme este ano. E eu aguardo por eles.
Os primeiros já foram saboreados, com honras de reis. Ao natural. Como gosto mais.
Tempo também para um batido matinal. Fruta e batidos combinam com o calor destes últimos dias de verão.
Tornam as manhãs mais saborosas, enquanto não chegam os outros, que serão guardados em compota, para saborear mais tarde, um pouco de verão num frasco.






Batido de Figo e Alfarroba

1 iogurte natural
100 ml leite fresco
1 colher (chá) de farinha alfarroba
1-2 colheres (chá) de mel (ou açúcar)
6 figos frescos


Preparação

Retirar a casca aos figos e colocar o seu interior, juntamente com os restantes ingredientes num liquidificador.
Triturar até ficar homogéneo. Provar e se necessário adoçar a gosto.
Servir bem fresco.

Bom Apetite!














45 comentários:

  1. um batido original e refrescante.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Olá minha querida,
    não posso ver figos que me lembro da minha mãe, quando ela
    tinha uma figueira no quintal ela fazia paneladas de doce, era
    uma fartura, pena que a figueira morreu, acho que já te contei o
    ocorrido, rsrs.
    Aqui está fazendo muito calor, um batido delicioso e refrescante assim
    é bom demais e além de tudo é saudável!

    Beijinhos, fique com Deus!
    Andréa ♥

    ResponderEliminar
  3. Este ano ainda não os provei :( Os meus sogros dizem que os deles só estão bons lá pra Outubro.. mas tambem os adoro! uma boa sugestão! beijo

    ResponderEliminar
  4. Olá Ginja,
    Aqui não temos fartura de figos e ainda não consegui comprar a farinha de alfarroba, quando for a Portugal certamente saboreio o batido, pois os ingredientes são muito saborosos.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderEliminar
  5. Um batido bem diferente, mas imagino que seja delicioso!

    Bjs.

    ResponderEliminar
  6. Olá Ginja, que post delicioso!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. ADORO FIGOS E HOJE POR ACASO COMPREI.
    ESSE BATIDO TEM MUITO BOM ASPECTO ,ACHO QUE IA GOSTAR.
    BJS

    ResponderEliminar
  8. Minha mãe tinha uma figueira no quintal, ela usava até as folhas, agora o pé morreu e nem tem mais onde ela plantar outra. Adorei a receita, deve ser bem gostosa.
    bjs

    ResponderEliminar
  9. Ginja que maravilha :)
    Está com uma cor perfeita :)
    Um frasco delicioso para refrescar estes dias mais quentes!
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  10. Figos! Figos estão ai os figos, que bom!
    Eu adoro, simples, com pão, mel e requeijão, em tartes. bolos...mas batido, ainda não me tinha ocorrido!
    Gosto do aspeto, tenho os ingredientes...logo ou experimentar!
    Ginga o texto um mimo, o poema um presente e as fotos... lindasssss!
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Querida Ginja
    Amanhã é o dia que vou ao mercado e espero encontrar figos por lá, pois também adoro!
    Que benção ter uma figueira em casa, meu sonho:)
    Nunca fiz batido de figo, mas certamente irei experimentar!
    Um grande abraço
    Léia

    ResponderEliminar
  12. Belissimo, princesa!!!
    E sempre um "regalo" para os sentidos vir ao teu blog. Cada vez melhor, de facto.
    Beijinhos muito grandes
    Maria

    ResponderEliminar
  13. Olá! Como eu adoro figos!Ainda bem que não moro junto às figueiras da família porque senão nesta altura já estava com 200 quilos! Já andei a rondar a figueira há duas semanas e realmente parece-me que estão atrasados...Gostei do teu batido com sabores algarvios, e das fotos e do poema!
    É uma delícia passar por aqui!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Finalmente consegui fazer doce de figos pois as figueiras aqui perto já deram, fui á terra e por só deu para provar pois estão muito atrasados. Optima ideia a do batido! bjks

    ResponderEliminar
  15. Hummm... esse batido deve ser muito bom!!!

    Gostei :D

    Bjokas

    ResponderEliminar
  16. O teu texto é o prolongamento dos meus pensamentos. Tem sido essa mesmo a minha rotina matinal... Tambem aqui estão atrasados e só hoje colhi os primeiros. Não gosto deles ao natural, por serem muito doces mas não me faltam ideias... Bjs

    ResponderEliminar
  17. Linda postagem, Ginja!
    Seus figos estão lindos. A espera valeu!
    Bj ,
    Lylia

    ResponderEliminar
  18. Ai ai se eu não tivesse tanto medo de avião, voava para Portugal lá para os lados de Figueira da Foz sabe? hehehe e iria conhecer suas plantações, subiria na árvore a cata de frutos saborosos e fresquinhos tirados do pé. Ai que sonho, ter um lugar assim, é uma benção amiga. Que linda sua figueira, adoro figos, doce de figos, compotas, e olha que batido nunca provei, com a alfarroba que lembra um pouco o chocolate né, deve ter ficado saboroso demais. Adorei. Beijinhos Ginjinha

    ResponderEliminar
  19. Parece delicioso! Sou suspeita... já que adoro figos!
    Babetet

    ResponderEliminar
  20. É verdade, este ano estão mesmo atrasados. Mas em todo o lado porque quando fui de férias em julho para o Algarve quase em os vi... A figueira dos meus pais é dessas, pingo de mel, mas ainda não fazem justiça ao nome, são tão poucos os maduros que nem lhes deixo chegar a ter o tal pingo :)
    Gostei da tua sugestão :)
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  21. Bom Diaaaaaaaaaa
    È também este o meu ar sorridente quando via os figos na figueira logo cedo, pela manhãzinha.
    Como eu gosto de figos... depois olhava para o chão e as cascas ali estavam à volta (outra vez não estavam... é que também eram saboreadas...
    Obrigada Ginja
    beijinho

    ResponderEliminar
  22. Olá amiga!!
    Mas que batido original!! Nunca tinha pensado em juntar estes dois ingredientes, mas depois do que vi aqui, não vou descansar enquanto não experimentar este delicioso e nutritivo batido.
    Obrigado pela sugestão!
    Bjocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga, muito obrigado pela observação que deixaste no meu post! Então, não é que me tinha esquecido mesmo de colocar a quantidade de nozes!! ai, ai, ai esta cabecinha!! :))
      Leva 1 chávena de chá de mozes cortadas aos bocadinho... já acrescentei!!
      Beijoca e mais uma vez obrigado!

      Eliminar
  23. Ai que sortuda!!!!! Tira-me isso daqui!!!
    Rico batido, belíssimo!!!
    Beijocas,
    Madalena

    ResponderEliminar
  24. Aspecto delicioso :o) adoro figos de pingo de mel

    Beijinhos
    Elisabete Cruz
    http://entretralhasepanelas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  25. Que batido original :)... Gostei da ideia, e provava já :)
    beijinhos querida

    ResponderEliminar
  26. Confesso não ser grande apreciadora de figos. Mas o meu marido é das que mais gosta. Lembro-me de trepar às figueiras da minha avó e de me esconder entre toda aquela folhagem. Nessa altura apanhava e comia todos os figos onde as minhas mãos chegavam.
    Talvez os tivesse enjoado. Não sei!
    Em compensação adoro a alfarroba. E o que eu gostava de comer as vagens daquele fruto. Naquele tempo era mesmo o substituto do chocolate.
    beijos

    ResponderEliminar
  27. Amiga querida,

    Aproveito para te agradecer aqui também o carinho em me teres visitado no dia do meu aniversário.
    Adorei "ver-te" no meu espaço, obrigada ! :-)

    Ainda em férias, hoje tentei vir aos cantinhos, não falharia o teu, a net está um pouco melhor hoje... andava doentinha, tadinha dela ! ;-)

    Figos são uma das minhas perdições, tive uma figueira de grande qualidade "pingo de mel" em tempos, mas agora já não, por isso ou os compro ou espero que a minha mãe me visite nesta altura e me traga os dela. :-)
    Isso vai acontecer já na próxima semana...

    Amiga, a tua publicação é uma vez mais fabulosa, as fotos magnificas conjugadas com o poema do Eugénio de Andrade e esse sumo tão convidativo... fico aqui de água na boca !

    Gostei muito da idéia da alfarroba, acentuou no sumo o requinte que o mesmo já possuía !

    Grande beijo para ti

    ResponderEliminar
  28. Olá Ginjinha!

    Este ano os figos andam mesmo envergonhados...também os vou mirando, à espera que amadureçam. Gosto de comer um por outro, mas não sou muito apaixonada por eles.
    O teu batido deve ter ficado tão delicioso, vê-se bem a cremosidade e a suavidade que convida mesmo a um copo dele, bem fresquinho! A alfarroba deu-lhe um toque bem especial, sem dúvida! :)
    As fotos estão lindíssimas, como sempre e o poema combina em perfeição...é sempre tão bom esperar pelos nossos sonhos :)

    Gostei das alterações que fizeste, ficou com um visual muito bonito! ;)

    Beijinhos amiga e boa semana!

    ResponderEliminar
  29. os nossos também chegaram um pouco mais tarde. nunca lhes resisto e como sempre ao natural mas ´quero guardar uns quantos para fazer umas receitinhas hehehe
    pingo de mel e alfarroba! um batido original mas que me deixa água na boca :) que maravilha

    ResponderEliminar
  30. Obrigado a todos pelos vossos comentários.
    Pela vossa presença e simpatia :)
    Os figos ficam tão bem com a alfarroba, uma ode ao Algarve e ao verão.
    Bem fresco. Tenho ido todos os dias à figueira e venho de lá com alguns frutos já na barriga e poucos na cesta. A maioria ainda está verde...e eu aguardo!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  31. Chegou a altura dos belos dos figos! :D
    Não sei porquê, não via o figo ser utilizado num batido, mas agora... Fiquei bastante curioso.
    Bem, vou ali comer um figo, que isto, abriu-me o apetite. :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  32. Comi agora dois, ao natural que é como também os prefiro :)

    ResponderEliminar
  33. Olá ginginha!
    Que óptimo batido.
    Só à meia dúzia de anos é que despertei para esse delicioso sabor e é também ao natural que mais gosto de os comer, mas como adora alfarroba... tenho de experimentar.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  34. Adoro este batido, é uma combinação muito original!

    ResponderEliminar
  35. Adoro, por acaso em batido não fiz, fica a ideia :)

    ResponderEliminar
  36. olá ginja!
    adorei o teu batido...cheio de sabores deliciosos que me fazem lembrar o algarve =) beijocas

    ResponderEliminar
  37. Olá querida amiga Ginja.
    Que coisa boa ser recebida no seu cantinho com um batido de figos, fruta tão nossa e que já me deixa mais saudosa ainda da nossa terra. Figos me lembram minha mãe e seus potes de figos em conserva( os últimos que já não cresciam mais). Deliciosos de todas as maneiras!!!!hummmmmm! Beberia todo o batido e ainda ia atrás de mais....... Beijinhos saudosos da Gina

    ResponderEliminar
  38. O teu blog também é muito mimoso :3 Já o estou a seguir. E obrigada :D
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  39. Ginga,
    Como sempre o teu post é como um belo presente, desde as fotos ao batido.
    Adorei o poema. Lindo!!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  40. complimenti un blog carinissimo ti seguiro' se ti va passa a trovarmi mi farebbe piacere buon fine settimana

    ResponderEliminar
  41. Obrigada uma vez mais pelo vosso carinho e comentários!
    Sabem-me tão bem :) Como este batido. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  42. Olá Ginja, obrigado pelo teu comentário...
    Como está tudo por aqui?
    Lindo como sempre.
    ADORO figos... belos figos da árvore.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  43. Que delícia que deve ser amiga.
    Se há coisa de que tenho saudades de Portugal, é de uns belos figuinhos, pois por aqui escasseiam. Comprei a semana pasada ao preço do ouro, mas de vez em quando, lá tem de ser, para matar saudades e satisfazer desejos!
    Beijocas grandes,
    Lia.

    ResponderEliminar
  44. Para quem aprecia figos, não há como colhê-los e comê-los debaixo da figueira! Só tive esse prazer quando casei, pois os meus sogros aqui em Castelo Branco tinham 2 figueiras. Aqui os Pingo de Mel chamam-se Abêboras, sabias?
    Costumo fazê-los em calda ou em compota, mas nunca fiz batidos com eles. E a ideia de juntar a farinha de alfarroba, pareceu-me ligar muito bem. Terei de experimentar, mas por aqui, devido à seca extrema que estamos a atravessar, ainda estão muito atrasados e não sei se vão conseguir amadurecer. Bjs. Bombom

    ResponderEliminar