Tagliatelle de Quinoa com Molho de Favas





Há dias em que só apetece andar pela horta. De manhã cedo, ou ao fim do dia são os meus momentos favoritos, parece que o quintal ganha outra vida e outra luz. O verde rodeia a casa, de um lado e do outro. É como se a abraçasse, com coisas boas para lhe dar.
Calçar os botins e pegar na cesta e colher o que há para nós. O que dela recebemos enche-nos sempre de sorrisos. É a festa da natureza, é o trabalho das nossas mãos. O sustento à nossa mesa.




Vamos apanhar favas e ervilhas. Vamos plantar as curgetes e as beringelas. Colher as últimas laranjas. Vamos ver as primeiras framboesas douradas a crescer, e os arbustos de mirtilos carregadinhos de bagos, ainda verdes. Vamos espreitar as papoilas que crescem pelo meio do verde, pintando de vermelho os dias da horta. Vamos ver o cebolinho e a salva em flor, que lindos, e plantar mais aromáticas. Comer os primeiros morangos bem doces. Vamos sentar-nos ao sol a debulhar as favas, encardindo os dedos. E ver se há mais ovos no galinheiro. Pequenas coisas, que me dizem tanto.
Como um prato de favas simples, estufadas com ovos escalfados e coentros. Ou uma sopa com elas e um pedaço de pão rijo na mão. Pratos de sempre, simples mas que nos dizem tanto. Do conforto e da época.
E porque não saborear a fava numa pasta? Aqui fica um almoço simples e da horta.





Tagliatelle de Quinoa com Molho de Favas

200 gr de tagliatelle de quinoa
500 gr de favas descascadas
1/2 requeijão (+ para servir)
raspa de limão q.b.
cebolinho e coentros frescos q.b.
água da cozedura da massa q.b.
fio de azeite
sal (usei Bonsalt)


Preparação

Cozer as favas num tacho com água temperada com sal (ou Bonsalt).
Escorrer as favas e reservar metade no tacho, com um fio de azeite.
Cozer a massa de quinoa em água temperada com Bonsalt durante 8-10 minutos.
Colocar numa taça a outra metade das favas, depois de lhes remover a pele/casca. Juntar o requeijão, raspa de limão a gosto, cebolinho e coentros picados e triturar. Adicionar um pouco da água da cozedura da massa ao molho até este ficar cremoso e mais fluido (usei perto de uma chávena) e voltar a triturar.
Colocar a massa escorrida juntamente com as favas no tacho e adicionar o molho verde, envolvendo suavemente. Servir com requeijão, cebolinho picado e raspa de limão.

Bom Apetite!






48 comentários:

  1. Que aspeto bem tentador e eu já com tanta fominha!!!
    Kiss, Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/05/2-edicao-do-projeto-escolha-do.html

    ResponderEliminar
  2. Gostei da sugestão, ideal para este dia de sol!

    ResponderEliminar
  3. Bom dia minha querida!
    Fico por aqui só na imaginação com esse quintal lindo cheio
    de fartura.
    Bela colheita, e seu prato ficou rico, lindo e saboroso!

    Beijos, fica com Deus ♥

    ResponderEliminar
  4. Que delícia! Tenho de experimentar ;)

    douradorosa.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Nunca tinha pensado juntar favas com massa! Mas fiquei rendida ;) Vou experimentar.
    As fotos estão deliciosas :)

    http://r-derita.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Foi o golpe fatal. Está na hora de ir almoçar, que depois de ver este teu prato, já não consigo ficar quieta:)

    ResponderEliminar
  7. parece-me tão bem.... as favas da minha horta acabam por ser sempre comidas da mesma forma, esta opção é excelente!

    ResponderEliminar
  8. Confesso não ser apreciadora de favas, mas esta massa tem um aspecto delicioso

    ResponderEliminar
  9. Que bom aspecto, fiquei mesmo cheia de fome agora! :) Nunca comi favas, mas ando tããããão curiosa! :D

    Beijinhos e tem um bom resto de dia :D

    ResponderEliminar
  10. Não aprecio favas mas essa tagliatelle parece -me ser uma delicia.
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Querida amiga,

    Tenho de confessar que não me perco por favas !
    O que mais gosto com favas é um belo creme com coentros !
    Isso adoro, já o resto vou adiando para outras nupcias... :))
    Mas o teu prato está com um aspecto tão apetitoso, que provaria sem reservas e talvez me surpreendesse porque está lá algo que ADORO, massa ! :)

    Lindas fotos, querida ! :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Também os meus mirtilos estão em bagos ainda verdes!!! Mal posso esperar para os colher madurinhos. E hoje vou poder saborear o meu primeiro morango, docinho, docinho, com aquele sabor que os morangos dos supermercado desejavam ter :)

    ResponderEliminar
  13. Que confortante ler seu texto, parece que sinto os aromas e vejo as diversidade da sua horta :)
    Ontem assistia um programa do Nigel Slater e ele fazia um prato lindo com os últimos legumes da sua horta. E tenho tanta vontade de morar num lugar que me permita fazer isso.
    Lindo prato, lindas favas!
    beijos

    ResponderEliminar
  14. Boa tarde, ginja!
    Que maravilha de pratinho! Também adoro ir até à horta e colher os legumes e frutas... Não conhecia o tagliatelle de quinoa...
    Bjs
    paula

    ResponderEliminar
  15. Tem um aspeto ótimo! Eu também adoro favas! E viva a horta. :-)

    ResponderEliminar
  16. Que aspecto delicioso!
    http://flordobrownie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  17. Olá Ginja,
    Gosto muito de horta e é enorme o prazer e relaxamento que nos trás o contato com a terra e as verduras.
    Ainda não encontrei o tagliatelle de quinoa, mas vou procurar, lindas fotografias, delicioso prato.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderEliminar
  18. Que lindo prato, as cores e os sabores que gosto!
    as fotografias estão lindas <3

    ResponderEliminar
  19. As fotos estão lindas!
    Não há nada como a frescura dos vegetais colhidos pela manhã na horta! Gostei muito desta sugestão diferente e saudável!
    Uma beijoca

    ResponderEliminar
  20. Que delicia seus textos Ginjinha minha doce amiga e filhota. A forma como vc conduz o texto me leva até ai em instantes ao seu lado, sentindo o perfume das laranjeiras, dos morangos, mirtilos e framboesas, o cacarejar das galinhas poedeiras, a colheita das bagas, que delicia Ginja, poder ter o privilégio de ter a Natureza tão pertinho de vc e com seus cuidados e da sua familia ter um retorno com tudo que a Natureza nos dá. Esse seu prato ficou lindo, gosto muito de favas, sempre as compro no mercado, pena que não são tão fresquinhas e tenras como as suas da foto, que estão lindas. Um prato bem saboroso, saudável e lindo. Beijinhos

    ResponderEliminar
  21. Não gosto de favas. Mas este prato ficou com tãããããoooo bom aspecto que dá tanta vontade de provar. A sério, fiquei curioso... ;)
    Beijinho.

    Célio Cruz

    ResponderEliminar
  22. Ai que rica horta!!! Eu tenho a minha mini, na varanda, que também adoro!
    E que rico tagliatelle!
    Beijinhos ;)

    ResponderEliminar
  23. Que engraçado, eu comprei no outro dia farinha de quinoa para fazer massa fresca!!! O sabor é o mesmo? Estou ansiosa para experimentar :)
    Beijinhos e bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Joana, este tagliatelle tem um sabor bem agradável. Nota-se bem aquele "nutty flavour" da quinoa, mas sem ser em demasia. Quem comeu não deu pela diferença, até porque o molho das favas era bem aromático. Esta massa era seca, mas biológica. Imagino que fresca fique maravilhosa! Depois conta-me e quero provar :)

      Eliminar
  24. Que fotos mais lindas Ginja!! Esse tagliatelle só pode estar uma delícia!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  25. Gosto de favas e este pratinho de horta está simples mas pleno de sabores.
    Gosto de tudo, das favas, do requeijão, dos coentros, da massa... enfim, sobrou um pratinho para mim?
    Bjns
    Isabel

    ResponderEliminar
  26. Ginja,
    que sonho a descrição desse dia :) e que delícia esse prato!
    Parabéns!
    Bjs

    ResponderEliminar
  27. Olá, adorei o teu texto e subscrevo, adoro ver a horta a ganhar cor, apanhar as favas e as ervilhas. Por cá, também temos utilizado favas em muitos dos pratos.
    Acho que me estou a tornar repetitiva, mas vejo-me obrigada a isso perante fotos e palavras tão adequadas e fantásticas. Gosto muito deste cantinho.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  28. Dos momentos que mais sinto falta quando estou em Lisboa é do silêncio dos finais de tarde passados na horta a colher coisas ou a regar. É relaxante! Ainda estou a apreender a gostar de favas, até tenho tido surpresas muito agradáveis! Gosto de teres usado o próprio requeijão para fazer o molho da pasta, fica muito saboroso! Beijinho

    ResponderEliminar
  29. Deve ser um prato reconfortante.Tem bom aspecto,é saudável e tenho a certeza que é delicioso.bjs,violeta

    ResponderEliminar
  30. Olá minha querida!
    Que fotografias lindas... que texto inspirador... que receita apetitosa...

    Sou uma menina de cidade desde que nasci, mas quando encontrei a minha cara metade passei a valorizar o campos, os sabores biológicos, a arte de sermos nós próprios a colher os nossos alimentos... os meus sogros vivem numa aldeia no interior e de lá colhem quase tudo: legumes de todas as cores, fruta, ervas aromáticas e chás... há galinhas, coelhos e ovos... mata-se o porco e fazem-se chouriças e salpicões caseiros... é maravilhosa a sensação de regressar a casa cheia de produtos frescos e tão, mas tão bons...

    Da tua horta e das tuas mãos saem alimentos e histórias maravilhosas... adorei esta massinha com favas e adoro cada vez mais passear por aqui!

    Beijinhos e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  31. Ai quem me dera ter uma horta e poder ter o meu sustento:) Semear, cuidar, ver crescer, colher e depois preparar e saborear:) Que prazer deve dar tudo isto. Um dia quero ter uma horta, um dia vou ter uma horta e um jardim:)
    Este pratinho está maravilhoso, adoro favas, assim apanhadas da horta é diferente, tudo tem um sabor diferente. beijinhos

    ResponderEliminar
  32. Há lá coisa mais linda do comer coisinhas destas.. duvido! Sabes em miuda não gostava nada de favas agora sou fan e fan :) Adorei a tua sugestão um bom fim de semana

    ResponderEliminar
  33. Que lindo prato querida, está mesmo bonito! E como sabes massas sabem-me sempre bem.
    Que bom poderes ir para o campo buscar as favas, plantar as curgetes, ver as framboesas e os mirtilos! :) Fazem-me lembrar da casa da minha avó :) E que boas recordações querida!
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  34. Sem duvida um prato irrepreensível, bonito e primaveril. Adorei! Faço um idêntico com ervilhas e couve flor. Recomend igualmente! Um bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  35. Lindas as fotos e o prato então, nem se fala!

    ResponderEliminar
  36. Bem, que prato delicioso!
    Adoro favas mas adoro mesmo. :)
    E um prato de pasta com favas, adorei a sugestão!
    Beijinho

    Jota
    http://searchncook.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  37. Maravilha! Tem um aspecto super cremoso ;)

    O meu blogue é bebé, convido-te a fazeres uma visita ;)

    ResponderEliminar
  38. oi minh linda tudo bem? adoro o sabor das favas e estas suas estão maravilhsosas e divinas ..parabens pelas receitas maravilhsoas ..amo seu cantinho bjão bem grandes

    ResponderEliminar
  39. como te percebo :) agora sabe tão bem, com tudo a crescer e a ganhar forma e cor :) e umas favinhas com massa, deve ser tão bom :) beijinho grande**

    ResponderEliminar
  40. Querida Inês,
    como me identifico com as tuas palavras. Andar pela horta e colher o que ela nos oferece é, sem dúvida, um prazer inexplicável. Também tenho colhido favas, mas as ervilhas, por causa do mau tempo, foram semeadas tardiamente e ainda estão novinhas. Só daqui a um mês, segundo o meu pai. Fiquei com inveja do galinheiro, mas dá trabalho e ando com pouco tempo para novas aventuras. Já basta o Serafim :)
    Gostei da tua massa com favas. Fiz há dias pesto de favas e hei de experimentar com massa.
    Beijos,
    Ilídia

    ResponderEliminar
  41. Querida amiga.
    Sinceramente favas não são totalmente do meu agrado. Acho que é, por aquí não serem tão populares e não fazerem parte de um habito alimentar.
    Mas vendo esse teu tagliatelle me deu vontade de comer. Aliás não conhecia o de quinoa, vou procurar para ver se acho.
    Ficou um lindo prato.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  42. Que excelente sugestão, tão simples! O género de prato que me apetece fazer agora. As fotografias estão especialmente lindas, e estou a cobiçar o cestinho de favas :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  43. Querida Inés, envidia me da esa cestina de fabes de mayo, directa del huerto. Hace años yo también tenía de todo, pero por motivos de salud, no pude seguir cultivando nada y no sabes la pena que me da. Me gustaba mucho ver crecer las plantinas de un día para otro, En fin amiga, que me gustan mucho en el plato que haces hpy y decirte que te superaste aún más con las fotos, te quedaron preciosas, dejan ver toda tu sensibilidad. Gracias. Besinos( las cosas parece que van mejorando, sobre todo la salud de mi padre...)

    ResponderEliminar
  44. Querida Ginja, adorei esta massa, adoro favas com massa, então!! humm
    ´Por cá também já começamos a plantar os legumes, espero que o tempo os deixe crescer.
    Beijo, alecrim

    ResponderEliminar
  45. Querida Ginja,
    deve ter ficado tão bom. Adoro favas e assim com a tagliatelle de quinoa só pode ter resultado na perfeição.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar